Números de 2014 consolidam crescimento da raça Crioula

Mais uma vez os números do cavalo Crioulo comprovam que a raça consolida um crescimento em todo o país. Em 2014 a manada de animais cresceu 7,3% em relação ao ano de 2013, chegando a um plantel de 377.983 equinos em todo o território brasileiro.

Mesmo com a predominância no número de animais no Sul do Brasil, percentualmente todas as regiões do país tiveram crescimento, algumas acima da média nacional, como o Centro Oeste, com 12,3%. O Nordeste teve uma alta de 8,1% enquanto o Sul teve os mesmos 7,3% da média do Brasil e o Sudeste fechou em 6,8%. A região Norte teve aumento de 3,9% na manada de cavalos Crioulos.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), José Luiz Lima Laitano, este crescimento se deve ao aumento da exposição da raça em eventos nas regiões de fomento, trabalho iniciado ainda na gestão anterior da entidade. “Nós começamos a realizar mais eventos, como os passaportes da Morfologia, além da criação de novos núcleos de criadores. Isto vai mostrando o cavalo nestas regiões e atraindo novos interessados”, avalia.

Este resultado também pode ser mensurado no incremento de 8,1% no faturamento no ano de 2014. Dados divulgados pela ABCCC mostram que as vendas no ano passado chegaram a R$ 198 milhões ante os 183,1 milhões de 2013, e atingiram novo recorde na raça Crioula. Deste total foram R$ 105,66 milhões em leilões e R$ 92,34 estimados em vendas particulares. “Foi um número excepcional. Ninguém no mercado conseguiu crescer 8% no ano passado. O mais importante foi a liquidez no ano, com o aumento no volume de vendas. Temos novos criadores e usuários acreditando na raça”, salienta Laitano.

No ciclo de 2014, mais de 20,6 mil animais participaram de 624 eventos promovidos e incentivados pela ABCCC. O objetivo para 2015, conforme o presidente da entidade, é manter este crescimento apostando na realização de eventos maiores. Algumas das principais provas da raça serão realizadas no estado de São Paulo como uma das classificatórias abertas ao Freio de Ouro e a final do Rédeas de Ouro. Também será foco a introdução de novas modalidades nos circuitos da raça, como o Ranch Sorting.

Na parte administrativa, os principais planos são a abertura do escritório da ABCCC no Parque da Água Branca, na capital Paulista, com o objetivo de facilitar o atendimento aos criadores do centro do país, além da remodelagem do espaço do cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).


Argentina conclui a primeira semifinal do Freio de Ouro em 2015

Nas fêmeas, Golilla Sucarita, com o ginete Marcelo Pauwels. ficou na primeira posição. (foto:Fagner Almeida)

Um julgamento binacional e 28 conjuntos abriram o circuito de classificatórias do Freio de Ouro neste ano. E depois de três dias, Jesus Maria, na província de Córdoba, mostrou que a Argentina está no caminho certo para evoluir dentro do Freio de Ouro. E no espetáculo no qual a seleção dos melhores cavalos é a protagonista, a raça mostra que é capaz de fortalecer ainda mais os laços entre brasileiros e argentinos que deixam claro que nas arenas Crioulas, não há espaço para rivalidade.
Nas fêmeas, Golilla Sucarita, com o ginete Marcelo Pauwels. ficou na primeira posição. Já nos machos, Lonqueo Coli Leuvu, montado pelo ginete Artur Silveira. Os conjuntos levaram o campeonato do “Freno de Oro” argentino do ano. Na semifinal que começou no dia 4 e foi finalizada no dia 6 de fevereiro, inicialmente 16 fêmeas e 12 machos entraram em pista determinados a mostrar o seu melhor aos olhos do trio de jurados formado pelos brasileiros Rodrigo Py e Jorge Rosas Demiate Júnior e o argentino Carlos Cattani. Já a supervisão técnica ficou sob a responsabilidade de Frederico Araújo.
Na competição organizada pela Associação de Criadores de Cavalos Crioulos da Argentina (ACCC), com o apoio da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) a classificação para a final em Esteio/RS durante a Expointer não veio, mas serviu, sobretudo, para apontar a tendência crescente no país sob as cores azul e branco: a profissionalização de seus ginetes e do interesse no investimento em treinamento dos animais.
Como já é de costume, a alternância de posições marcou presença do início ao fim da competição. No conjunto de participantes figuraram ainda duas classificadas em 2014 que voltaram ao ciclo novamente: Golilla Sucarita e Tranqueadora Hasta Luego que em 2015 levaram o primeiro e o segundo lugares respectivamente. Na dianteira das fêmeas, a arrancada na avaliação morfológica saiu com a égua Tirador Catarata. Já nas andaduras Tranqueadora Hasta Luego encerrou o primeiro dia na frente. Porém, no teste com gado foi Golilla Sucarita quem se saiu melhor e finalizou no segundo dia na frente.
Entre os garanhões, Malarriado Velero puxou a fila na morfologia, mas nas andaduras, Capanegra Martin Fierro foi quem fez mais bonito. Porém, na quinta-feira Lonqueo Coli Leuvu conseguiu as melhores placas no aparte e na pechada assumindo a liderança, que chegou a voltar para Martin Fierro, mas que não conseguiu mantê-la. Na sexta-feira mais trocas de posições agitaram as expectativas na arquibancada.
De acordo com o jurado Jorge Rosas Demiate Júnior os conjuntos conseguiram se sair bem apesar das condições difíceis da arena, ainda bastante pesada para as corridas. “Fêmeas de muito boa morfologia e muita qualidade de aprumos, com destaque para as duas primeiras colocadas”, pontua. Questionado sobre o desempenho dos garanhões o avaliador ressaltou principalmente as características do primeiro lugar: “Um cavalo muito bem conduzido e com muita aptidão vaqueira”, completa.
Para o presidente da ACCC, Enrique Tronconi, o que foi visto em Jesus Maria foi o excelente resultado de todo o empenho em transportar a seletiva que era originariamente realizada em Palermo e que em virtude dos preparativos para a ExpoFICCC precisou ser realizada em novo endereço, mas que ainda assim superou as expectativas. “Foi uma prova muito boa, tivemos contratempos, no caso o clima e a mudança para o interior do país.  Mas isso mostra que ela pode ser realizada em todos os lugares”, declara.
Sem rivalidade, no Freio todos se unem para crescer
Criador de cavalos Crioulos há cerca de sete anos, Gustavo Rolon, da Cabanha Quilla Hue, conta o seu fascínio pela modalidade que o fez ingressar na área da seleção da raça multifuncional. Porém, para ele não basta apenas ter um criatório, Rolon quer ver seus animais fazendo bonito na pista do Parque Assis Brasil. Para isso, ele vem investindo fortemente na qualificação de sua mão de obra que utiliza o conhecimento dos brasileiros para mostrar à equipe de seu Centro de Treinamento o caminho até decisão em solo verde e amarelo.
Além de estar sempre em contato com outros crioulistas e visitar os eventos do Brasil, até agora já foram colocados na bagagem diversos cursos de doma, manejo e treinamentos para o Freio. Tudo para que seus próprios ginetes levem seus animais rumo à busca pelo título. Entre os intercâmbios de conhecimentos, as colaborações já obtidas incluem auxílio de nomes como Cláudio Ruas e Pedro Moglia, por exemplo.
Neste ano, a consultoria especializada no Freio de Ouro está a cargo de Cláudio Fagundes. “Estamos bem, já temos noção pelos bons frutos”, diz Rolon ao comentar estar muito satisfeito com a parceria internacional e por todo o apoio recebido pelos brasileiros, tanto que completa: “Hoje em dia minha cabana está voltada 100% para o Freio e os resultados estão aí à vista”, enfatiza.
Do lado brasileiro, o criador Pedro Moglia fala que quando o assunto é Freio de Ouro não há concorrências internacionais. Pelo contrário, a cada dia a seletiva cresce junto aos hermanos que buscam com mais frequência a profissionalização de seus ginetes e a preparação de seus animais com a ajuda das mãos que criaram o Freio de Ouro.
Com experiência no assunto, Moglia – que atualmente assessora uma cabana e um centro de treinamento na Argentina – reforça o quanto é gratificante poder passar os seus conhecimentos adiante para fortalecer os argentinos para auxiliá-los a conseguir chegar lado a lado na final da raça. “No Freio de Ouro não há rivalidade. Os ginetes no Brasil se ajudam e tu sair do teu país para colaborar com o outro na prova é muito gratificante”, frisa.
Confira o resultado
Fêmeas
1º Lugar
Golilla Sucarita; criador e expositor Juan Victor Tronconi Ballester; Cabanha Las Mulitas,  Buenos Aires/Argentina
Ginete: Marcelo Pauwels
Nota: 17,991
2º Lugar
Tranqueadora Hasta Luego, criador e expositor Daniel Casin Florencio; Cabanha Don Florencio Buenos Aires/Argentina
Ginete: Horacio Casin
Nota: 17,823
3º Lugar
Guarani Favorita, criador e expositor Ricardo Matho Meabe; Cabanha Yajha Catu, Corrientes/Argentina
Ginete: Ruben Veron
Nota: 17,138
4º Lugar
Tres AR Boleada, criador e expositor Marcelo Argueles; Cabanha Don Antonio, Buenos Aires/Argentina
Ginete: Nicolas Merigo
Nota: 16,951
Machos
1º Lugar
Lonqueo Coli Leuvu, criador Daniel Valentin Cimolai,  expositor Cimolai Leal; Las Leales/ Lonqueo; Neuquen/Argentina
Ginete: Artur Silveira
Nota: 17,351
2º Lugar
Capanegra Martin Fierro, criador Fernando Dornelles Pons, expositor Argentina Wagyu Beef S.A., Cabanha La Consentida, Buenos Aires/Argentina
Ginete: Marcelo Segura
Nota: 16,965
3º Lugar
Tranqueador Mariscal, criador Daniel Casin Florencio, expositor Juan Jose Barreneche; Cabanha Los Vascos, Córdoba/Argentina
Ginete: Horacio Casin
Nota: 16,608
4º Lugar
Labra Trovador, criador e expositor S.A. Bartolome Ginocchio e Hijos e Cia Ltda; Cabanha La Brava, Buenos Aires/Argentina
Ginete: Juan Segovia
Nota: 16,374

2º Redomão Dom Arturo é em Abril

A Cabanha Don Arturo, de Porto Alegre, promoverá nos dias 18 e 19 de abril o 2º Redomão Dom Arturo. Uma prova de doma que dará dois carros zero quilômetro de premiação, além de prêmios até o 10º colocado. A primeira edição do evento aconteceu em 2014 em Guaíba e foi vencida por  Aloísio Perez, montando Sol e Sombra Chimarrão. Ao todo participaram do evento mais de 60 conjuntos. Segundo Júnior Chileno, organizador da prova, as inscrições já estão abertas e a revisão dos animais deve iniciar no começo de março.

A prova acontece na sede da cabanha, no Bairro Lami, em Porto Alegre. As inscrições podem ser feitas pelo telefone 98437667.

A essência do Rio Grande fotos

A 15ª edição da revista Imagens Gaúchas já está disponível nas bancas e para download em tablets e smartphones.  Esta edição marca o aniversário da revista fotográfica, que chega aos cinco anos de atividade sendo a publicação que mais divulga a cultura do Rio Grande do Sul pelo mundo.

O aplicativo da Imagens Gaúchas possibilitou que a revista ganhasse alcance mundial, com downloads em mais de 70 países. A publicação é uma das pioneiras no Brasil com esta tecnologia e já possui mais de 12 mil downloads, 55 mil leituras e mais de 480 mil páginas lidas.

Na edição de aniversários os leitores terão acesso à mais de 150 fotografias. A reportagem especial conta um pouco da história da revista, mas podem-se ler ainda reportagens sobre as cabanhas Esplendor, Santa Goretti, Marca de Herança e Cabanha da Lagoa. Além de reportagem sobre o ciclo do Freio de Ouro e um ensaio especial com prendas e cavalos crioulos.

Como baixar

Os downloads são gratuitos e podem ser feitos em qualquer parte do mundo, pois a revista está disponível nas principais lojas de aplicativos, GooglePlay, APPstore e Amazon Store. No site www.imagensgauchas.com.br também é possível baixar o aplicativo, basta clicar nos ícones dos sistemas operacionais no início da página.

A bela e o beijo

Como um final dos melhores filmes românticos de Hollywood, a 2ª Exposição Morfológica de Encruzilhada do Sul, neste sábado, encerrou com um beijo do criador Joner Frederico Kern, na égua Marconi Justiça, escolhida melhor exemplar da raça da exposição. A chuva fina complementou o ambiente para uma belíssima imagem captada pelo fotógrafo Marcus Tatsch.

Marconi Justiça vence em Encruzilhada

O Núcleo Encruzilhadense de Criadores de Cavalos Crioulos realizou uma Exposição Morfológica, no sábado (18/10). A prova foi realizada no município de Encruzilhada do Sul/RS e contou com a presença de 42 animais confirmados.

O julgamento dos animais e a distribuição das escarapelas ficaram por conta de Gustavo Weiand. O jurado consagrou a campeã potranca menor, Marconi Justiça, como Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã entre as fêmeas. Enquanto entre os machos a roseta mais alta foi para o potranco menor Impulso 1468 Maufer. A supervisão técnica ficou a cargo do profissional credenciado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Manoel Pons Neto.

 

Confira o resultado (ainda não homologado pela ABCCC):

Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça – Grande Campeã – Campeã Potranca Menor

Marconi Justiça, filha de Damasco da Ouro Branco e Marconi Dragona; criador Alexandre Espindola Araújo e expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS

Reservada Grande Campeã – Campeã Potranca Maior

Hija Guapa 1272 Maufer, filha de Pirai 1569 do Brazão e Rinha de Santa Thereza; criadores e expositores Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

3ª Melhor Fêmea – Campeã Égua Prenhez

Flor de Tuna 1085 Maufer, filha de Mananero Jalisco e Gaita do Mata-Olho; criadores e expositores Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

4ª Melhor Fêmea – Campeã Égua com Cria

VV uma Vez, filha de BT Delantero e VV Invejada; criador Victor Inacio Volkweis e expositor Tiago Riegel Silveira, Cabanha Dom Riegel, Encruzilhada do Sul/RS

 

Machos

Grande Campeão – Campeão Potranco Menor

Impulso 1468 Maufer, filho de Escalpo 1011 Maufer e Nochero Solterita; criadores e expositores Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

Reservado Grande Campeão – Campeão Cavalo Adulto

BT Urupé, filho de BTCara e Coroa e BT Dama das Comelias; criador Bastos Tellechea e expositor Condomínio Urupé, General Camara/RS

3º Melhor Macho – Reserva Campeão Cavalo Adulto

Coronel Sul Riograndense, filho de Chicão de Santa Odessa e Orquídea do Painel; criador e expositor Maurício Zanotelli, Cabanha Rincão de Nossa Senhora, Fantoura Xavier/RS

4º Melhor Macho – Campeão Potranco Maior

Chimango Potreador, filho de Arapan da Barauna e Lamina das Pedras Brancas; criador Heber Vega Pereira de Ávila e expositor Fernando Gimenes, Cabanha Rosa Pedra, Eldorado do Sul/RS

fonte ABCCC.

Leilão Preto no Branco é nesta sexta

O Remate Preto no Banco, organizado pela Agropecuária Burtet, acontecerá nesta sexta-feira, às 21h, na pista de remates do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul. Estarão em oferta 45 lotes, a grande maioria fêmeas. Serão oferecidas éguas domadas, potras e éguas de cria filhas de grandes garanhões da raça crioula, como La Invernada Hornero, Chicão de Santa Odessa e Santa Elba Sinuelo. O grande destaque são quatro filhas de BT Lamborguini. O remate será transmitido pelo canal Rural.

Encruzilhada tem exposição morfológica sábado

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Encruzilhada do Sul realiza no próximos sábado (18), sua segunda exposição morfológica. O evento inicia por volta das 9h, no Parque de Exposições Desidério Finamor. A prova dos crioulos integra a programação da 54º Exposição Agropecuária de Encruzilhada do Sul. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (51) 97126136  - (51) 99533067.

ABCCC define as datas das semifinais do Freio de Ouro 2015

 

Enquanto a etapa de credenciadoras do Freio de Ouro 2015 está acontecendo, foram definidas as datas das semifinais nas cidades representantes de cada uma das oito regiões envolvidas no circuito. A primeira semifinal a ser realizada dentro do país é a decisão entre os inéditos, o Bocal de Ouro. A finalíssima entre os estreantes da modalidade ocorre entre os dias 8 e 12 de abril do próximo ano, em Esteio/RS.

Dando prosseguimento às seletivas, representando a região central do Rio Grande do Sul, Cachoeira do Sul receberá os competidores entre os dias 7 e 10 de maio de 2015. No mesmo mês, Pelotas/RS sediará a semifinal da região um entre os dias 14 e 17. Ponta Grossa/PR de 28 a 31 de maio sediará a classificatória da região 7.

No mês de Junho quatro regiões classificarão para a final do Freio de Ouro. Na região três a cidade de Santa Rosa/RS habilitará os conjuntos entre os dias 4 e 7, em seguida Caxias do Sul/RS recebe a disputa da região seis, de 11 a 14. Cruz Alta/RS, pela região quatro, realizará de 18 a21 a sua semifinal e Chapecó/SC fecha o mês de junho de classificatórias da região cinco entre os dias 25 e 28.

A região oito, que reúne os Estado além da região Sul, é a última região a receber as semifinais. As duas classificatórias abertas da temporada serão realizadas nas chamadas localidades de fomento, em uma ação de expansão do cavalo Crioulo. O Estado de São Paulo sediará a primeira etapa aberta entre os dias 9 e 12 de julho e a capital federal, Brasília, entre os dias 16 e 19.

Os locais aonde acontecerão as disputas para classificação ainda vão passar por revisões técnicas para que estejam dentro das normas exigidas e ofereçam toda a estrutura necessária para  a execução da prova.

 

Fonte : ABCCC – Karen Nunes

 

Imagens Gaúchas na Noruega

 


A revista imagens Gaúchas atravessou o atlântico e foi para num dos países mais desenvolvidos do mundo, a Noruega. Nas imagens a edição 12 da revista gaúcha foi fotografada nos fiordes da região de Laerdal. O autor das fotos é o gaúcho Fábio Ritter Marx, que está no país nórdico estudando. Segundo ele, amigos noruegueses que viram a revista ficaram impressionados com as imagens e com o Rio Grande do Sul.

Feira de Terneiros da 64ª Feapec rendeu R$ 476.470,00

A Feira de Terneiros e Vaquilhonas na 64ª Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul, que aconteceu na noite desta quinta-feira na pista de Remate do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul rendeu R$ 476.470,00. Foram comercializados 403 animais da raça Angus e Herefod, todos com certificação das associações de criadores. A média dos animais ficou em R$ 1.102,31 e o peso médio 255,77kg.

 

Feira de Terneiros

Total Vendido – 403 animais

Valor Total –R$ 476.470,00

Média total – R$ 1.102,31

Peso médio – 255,77kg

 

Quantidade – média

151 terneiras – R$ 984,17

74 novilhas – R$ 1.600,00

178 terneiros – R$ 1.182,31

Jogo do Osso Marupa é o melhor em Cachoeira do Sul

 

 

O cavalo Jogo do Osso Marupa, da Cabanha Niazzi, de São Gabriel foi escolhido o melhor exemplar da raça neste sábado durante a 64ª Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (64ª Feapec).  A cabanha Niazzi também levou o reservado de campeão dos machos, com o garanhão Niazzi Improviso. Nas fêmeas a campeã foi Macarena da Charqueada, da Cabanha Charqueada, de Vale Verde.

Melhor exemplar da Raça

Jogo do Osso Marupa – Tiago Antoniazzi – Cabanha Niazzi – São Gabriel/RS

Grande Campeão

Jogo do Osso Marupa – Tiago Antoniazzi – Cabanha Niazzi – São Gabriel/RS

Reservado de Grande Campeão

Niazzi Improviso – Tiago Antoniazzi – Cabanha Niazzi – São Gabriel/RS

Grande Campeã  

Macarena da Charqueada – Jacó Weiand – Cabanha Charqueada – Vale Verde/RS

Reservada de Grande Campeã

Razão do Sonho da Quinta – Pericles Druck – Estancia Boa Vista da Quinta – Rio Pardo/RS

Campeão Incentivo Maior Macho

Pergasus do Sr. Miguel – Rodrigo da Silva Lenz – Agropecuaria Sr. Miguel – Cachoeira do Sul/RS

Campeão Mini Incentivo Macho

Hoje Não do Rio Branco – Daniel Benemann – Cabanha Rio Branco – Cachoeira do Sul/RS 

Campeã Incentivo Maior Fêmea

Brisa do HCG – Helio da Costa Garcia e Familia – Cabanha HCG – Cachoeira do Sul/RS 

Campeã Mini Incentivo Fêmea

Havaiana do Rio Branco – Daniel Benemann – Cabanha Rio Branco – Cachoeira do Sul

Angus rende R$ 323 mil na 64ª Feapec

O 9º Remate Núcleo Centro Angus, que aconteceu no sábado, durante a 64ª Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (64º Feapec) rendeu R$ 323.850,00. Foram comercializados no remate 39 animais, sendo 31 touros, três fêmeas PC e cinco fêmeas PO. O rendimento do remate foi considerado excelente pelos organizadores da Feapec, que ressaltaram a grande qualidade dos animais, responsável por superar a marca do leilão de 2013, quando foram comercializados R$ 279.000,00. A média dos touros vendidos foi de R$ 9.387,10. As fêmeas PC tiveram uma média de R$ 3.000,00 e as PO, média de R$ 4.770,00.
Valor 2014 R$ 323.850,00
Valor 2013 R$ 279.000,00
Médias
31 touros R$ 9.387,10
3 Femeas PC R$ 3.000,00
5 Fêmeas PO R$ 4.770,00

Gaudérios preparado para grande público

O CTG Os Gaudérios vai receber um grande público durante esta Semana Farroupilha. Estão agendados para o CTG quatro eventos. O primeiro é o lançamento da Semana Farroupilha, que acontece no dia 30 com a Reculuta Artística e Cultural Farroupilha, que ocorre à tarde e um jantar baile que acontece à noite. Depois, a ronda oficial do CTG acontece no dia 16 durante o dia e o fandango à noite com o grupo Tchê Barbaridade. No dia 17 acorre outro Fandango. Já no dia 19 Os Gaudérios recebem o fandango do CTG Estância do chimarrão.

O patrão da entidade, Leandro Machado, estima que cerca de cinco mil pessoais passem pelo CTG nestes quatro dias. “Tivemos bom público nos evento do ano passado e acreditamos que iremos repetir este ano, tendo em vista que teremos ótimas atrações”, disse.

Entrevero – Um evento que vai acrescentar e muito na ronda do CTG Os Gaudérios é o 1º Entrevero da Canção Estudantil, um festival de música nativista na modalidade interpretação. O evento é uma promoção da prefeitura Municipal e Secretaria  Municipal de Indústria e Comércio (Smic). O objetivo do festival é valorizar os talentos estudantis que se identificam com a música nativista do RS. Poderão prticipar estudantes de Cachoeira do sul entre nove e 18 anos, divididos em três categorias, mirim, juvenil e adulta. Os vencedores irão apresentar suas músicas na abertura da Vigília do Canto Gaúcho, no dia 31 de outubro e 1 de novembro.

 

Desfile – Para o desfile de 20 de setembro o CTG Os Gaudérios pretende levar cerca de 300 integrantes. Segundo o patrão Juliano Machado, a estimativa é de que 100 cavalarianos integrem a comitiva do CTG, além de três grupos de danças e integrantes em caminhões.

 

 

Dia 30

Lançamento da Semana Farroupilha

Jantar Baile com animação de Cristian Roger e os Pampeanos

R$ 15,00

Dia 16

Fandango como Grupo Tchê Barbaridade

R$ 20,00

Sócios em dia não pagam

Dia 17

Fandango

R$ 20,00

Sócios em dia não pagam

 

 

 

Tropeiros abre cancha para a Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul

O CTG Tropeiros da Lealdade faz abertura da Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul no dia 12 de setembro. Caberá a entidade dar a largada na melhor semana do ano para os gaúchos.  As atividades no CTG iniciam cedo, às 7h, como alvorada festiva e abertura do galpão de fogo. O recebimento da Chama Crioula e a solenidade de abertura da Semana Farroupilha iniciam às 11h. Antes disso, haverá café de chaleira e roda de chimarrão. Segundo o patrão do CTG, Paulo Machado, a entidade quer  atrair os estudantes para o CTG e oportunizara que eles aprendam mais sobre a cultura do Rio Grande do Sul. “Convidamos várias escolas municipais e estaduais para participarem da ronda e organizamos atividades voltadas para este público, como uma palestra cultural e fandango para piás. O público em geral também está convidado para vir ao CTC e prestigiar a palestra, que será feita por especialista da cultura Gaúcha. “Nossa expectativa é de que os associados venham prestigiar os eventos do CTG, como fizeram no ano passado, quando tivemos um excelente público. Contamos com a participação das escolas e de todos os cachoeirenses para prestigiarem nosso evento”, disse Machado.

Fandango – Para este ano CTG Tropeiros da Lealdade promoverá dois fandangos. O primeiro acontece no dia 12, às 23h com o grupo Marca do Rio Grande. O segundo Fandango acontece no dia 18, também às 23h. O valor do ingresso é de R$ 30,00 e sócios em dia não pagam. Adquirindo ingressos para os dois fandangos o custo fica em R$ 45,00, para os dois eventos.

 

Desfile –

A ronda do CTG Tropeiros da Lealdade ainda contará com almoço, com pratos típicos do Rio Grande do Sul, como o feijão tropeiro e o churrasco. Na parte da tarde a criançada vai se divertir com o Fandango para piás, que é gratuito. Também na parte da tarde haverá um torneiro de vaca parada para os piás. O galpão de fogo, anexo ao CTG, está aberto o dia todo, como àgua quente para o chimarrão.

 

Aproximadamente 250 integrantes participarão do desfile de 20 de setembro pelo CTG Tropeiros da Lealdade. Este montante estará dividido entre cavalarianos, grupo de danças, patronagem e integrantes que desfilarão em caminhões e reboques.

 

 

 

 

 

 

 

 

CTG Tropeiros da Lealdade

7h – Alvorada Festiva e abertura do Glpão de fogo.

Após café d chaleira, ronda crioula, roda de chimarrão, música e dança gaúcha

Palestra cultural para escolas e população em geral

11h – Recebimento da Chama Crioula

Hasteamento das Bandeiras

12h Almoço na See do Cg com churrasco, feijão Tropeiro, arroz e saladas diversas.

13h30min – Roda Crioula

14h – torneio de laço em vaca parada para piás, a cargo do diretor campeiro Valter rosa.

15h Fandango para piás

18h – Arriamento das Bandeiras

23h – Fandango na sede do CTG com animação do Gripo Marcas do Rio Grande.

Dia 28 de setembro23h – Fandango com animação do Grupo Ecodo Minuano e Bonitinho

 

Estância do Chimarrão rumo aos 50 anos

O CTG Estância do Chimarrão inicia esta Semana Farroupilha em contagem regressiva para seu cinquentenário, que será comemorado em 2015. Segundo o patrão, Mateus Meneses, o clima de festa já se instalou na entidade, que planeja fazer uma grande programação em 2015 para comemorar os 50 anos. Já está agendado para o dia 7 de fevereiro  o Baile da Ramada, que terá como  atração especial João Luis Corrêa e o Grupo Campeirismo. “Iniciamos esta semana farroupilha em clima de aniversário, queremos fazer uma boa ronda e um grande baile já para mostra ao publico o que os espera no ano quem vem, durante o aniversário do CTG”, explicou Menezes.

Para esta edição da Semana Farroupilha a ronda e fandango do CTG Estância do Chimarrão acontecerão no dia 19. A ronda oficial acontece a partir da 8h, na sede do CTG no Passo do Moura,  com o café de chaleira, fazendo a gauchada acordar com o sabor do gauchismo. Pela manhã a programação inclui missa crioula e ao meio dia um bom almoço com pratos típicos do Rio Grande do Sul e o churrasco, que nunca pode faltar. Na parte da tarde, a programação segue na ronda com tertúlia livre e apresentações artísticas ate às 19h.

 

À noite o fandango do CTG Estância do Chimarrão acontece no CTG Os Gaudérios. Segundo patrão Mateus Menezes, a realização do fandango nos Gaudérios atende uma questão de logística. “Não podemos correr o risco de em caso de chuva haver a impossibilidade das pessoas chegarem até o CTG no Passo do Moura, tendo em vista que a estrada é de terra e pode dificultar tráfego. Nos Gaudérios o acesso é mais fácil, além da capacidade ser maior”explicou Menezes.

A animação do fandango será do Grupo Fandangaço, que tem 20 anos de história fazendo shows por todo o Brasil. “Investimos e um grupo que já é consagrado e reconhecido pela qualidade de suas músicas e por fazer bons fandangos, então temos certeza que o evento será um sucesso”, destacou Menezes.

 

Desfile

Para o desfile de 20 de Setembro o CTG Estância do Chimarrão pretende reunir cerca de 500 integrantes para descer a Rua Júlio de Castilhos. Esse montante virá distribuído, a cavalo, em caminhões, charretes e reboques. Ao meio dia, no CTG Estância do Chimarrão será servido almoço para quem for desfilar pela entidade.

 

 

8h – Alvorada festiva e café de chaleira. 

9h – Hasteamento de bandeiras. 

10h – Missa crioula. 

12h – Almoço com churrasco

14h – Apresentações artísticas e tertúlia livre.

19h – Arriamento das bandeiras.

23h – Fadango com o Grupo Fandangaço no CTG Os Gaudérios.

Cavalgada da Integração percorre 230km

A cavalgada da Integração percorrerá este ano 230 quilômetros para buscar a Chama Crioula, o principal símbolo da Semana Farroupilha. A aventura a cavalo segue de Cruz Alta, onde ocorreu o acendimento da Chama Crioula, até Cachoeira do Sul em 10 dias de cavalgada, percorrendo 230 quilômetros e 12 paradas para descanso em fazendas e CTGs pelo caminho. Os cavalarianos sairam de Cachoeira no dia 2 de setembro e chegaram no dia 12, na abertura da 51ª Semana Farroupilha, no CTG Tropeiros da Lealdade.

Segundo o coordenador da Cavalgada, Antônio Cândido Regio dos Santos Filho, participarão da aventura este ano 36 cavalarianos e mais o pessoal de apoio, que fará o percurso em quatro caminhões e três camionetes. “Traçamos um bom percurso e conseguimos pontos de descanso excelentes para os dias de cavalgada”, destacou Santos Filho. Ao todo serão nove paradas até chegarem à cidade. Os percursos irão variar de 22 a 30 quilômetros por dia.

 

 

Itinerário

Dia 2 – Viagem Até Cruz Alta

Dia 3 – Acendimento da Centelha da Chama e Cavalgada até a Fazenda de Joemir – 26km

Dia 4 – Cavalgada até a Fazenda de Celso Ceiber – 30 km

Dia 5 – Cavalgada até o CTG Júlio de Castilhos – 22 km

Dia 6 – Cavalgada até o CTG Porteira Aberta – 24km

Dia 7 – Cavalgada até o Balneário Nova Palma – 22km

Dia 8 – Cavalgada até Dona Francisca – 30km

Dia 9 – Cavalgada até Paraíso do Sul – 26km

Dia 10 – Cavalgada até o Tabuão – 26km

Dia 11 – Cavalgada até o parque de Eventos Estância de São Pedro – 24km

Dia 12 – Cavalgada até o CTG Tropeiros da Lealdade – R$ 15km

51ª Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul inicia sexta-feira

A 51ª Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul, que inicia o dia 12 de setembro e segue até o dia 21 reunirá Cachoeira do Sul em tono do tradicionalismo. Organizada pela Associação Tradicionalista e Cultural de Cachoeira do Sul (ATC), a Semana Farrapa, que é a segunda do Rio Grande do Sul, mostra que está completa, com atividades culturais, artísticas, campeiras, rondas e fandangos. Segundo o presidente da ATC, Luiz Carlos Cantes de Oliveira, a Semana Farroupilha foi formatada da para que o maior número de pessoas possa participar, tendo em vista que existem atividades para todos os gostos e idades.

Durante  os 10 dias de Semana Farroupilha, acontecerão sete fandangos, oito rondas crioulas e um rodeio crioulos. A expectativa da ATC é no mínimo repetir o público da Semana Farroupilha de 2013, quando os Fandangos ficaram lotados nos CTGs. “Temos boas atrações nos fandangos e acreditamos no sucesso deste evento, que retomaram seu crescimento nos últimos cinco anos e mais que suprindo a necessidade da cidade, vem atraindo pessoas das cidades vizinhas para nossos eventos”, estacou Cantes.

Assim como os fandangos, outro grande sucesso de publico na Semana Farroupilha é o Desfile do dia 20 de Setembro. Ano passado, mesmo com chuva, foram mais de três mil participantes e um bom público de espectadores. Para este ano, ATC espera um desfile ainda maior, pois o bom momento da Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul, tem motivado mais pessoas a participarem do movimento e também despertado o interesse de tradicionalistas de cidades vizinhas a participarem do desfile.

Abertura- A abertura oficial da 51ª Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul acontecerá no dia 12 de setembro, no CTG Tropeiros da Lealdade. A cerimônia acontece às 11h, com a chegada da Chama Crioula, que será trazida de Cruz Alta pela Cavalgada da Integração. Os cavalarianos, que percorrerão 230 quilômetros até Cachoeira do Sul, farão um desfile pelas ruas principais da cidade antes de se dirigirem para o CTG Tropeiros da Lealdade.

Concurso de prendas e peões Farroupilha 2014.

 

O concurso de peões e prendas Farroupilha de 2014 em Cachoeira do Sul tem 12 participantes inscritos. O concurso será realizado nos dias 25 e 26 de julho, no CTG Lanceiros do Sul, com a organização à cargo do Departamento Artístico e Cultural da ATC. No dia 25, às 20h acontece a prova escrita e no dia 26, às 9h30min é a vez da prova oral e escrita. Serão eleitas 1ª e 2ª prendas e 1º e 2º peões em cada categoria.
O resultado do concurso será divulgado no dia 26 de julho em um jantar baile no CTG Lanceiros do sul. Concorrem: duas prendinhas, uma prenda mirim, três prendas juvenis, dois guris, três prendas adultas e um peão.

Rodeio Quinhéca aumenta a premiação das equipes

O 3º Rodeio do Pl Cabanha Quinhéca, de Cachoeira do Sul, que acontece nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro de 2015 tem premiação maior para a equipes. Agora as disputas da modalidade equipe valem R$ 36.300,00 divididos em quatro forças: A, B , C e D. O evento acontece no Parque do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul e neste ano reuniu 164 equipes de todos o Rio Grande do Sul. Além de boa organização, premiação, os laçadores são recepcionados no sábado com o famoso costelão assado no fogo de chão.