Archive for julho, 2015

ABCCC reforça exigências de bem estar animal em regulamentos

Conceito amplamente difundido na atualidade, o bem estar animal deixou de ser apenas uma opção. No que se refere aos cavalos, em qualquer atividade a qual esses animais sejam submetidos, a atenção à sua boa disposição, satisfação, conforto e segurança é indispensável. Nas pistas, a preocupação com as condições dos animais envolvidos motivou uma ação inédita que pode ser o primeiro passo para o estabelecimento de legislação específica para provas equestres.
A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) aprovou em sua reunião anual de avaliação determinações que alteram os regulamentos de suas provas seletivas e desportivas, visando contemplar as práticas de bem-estar animal. Essas decisões vão ao encontro do que já é adotado por outras entidades de raça e associações ligadas ao meio equestre.
Muitas delas já eram previstas nos regulamentos que apontam, entre as suas exigências, a necessidade de exame antidoping nos melhores pontuados em suas principais seletivas. A partir de agora, no entanto, essas determinações ficam ainda mais rígidas. As novas determinações entram em vigor a partir da Expointer e valem para a temporada 2016.
Existe inclusive um esforço conjunto empreendido por essas entidades com a intenção de criar um documento de bem-estar animal em competições, apoiado pelo senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que será transformado em projeto de lei. O objetivo é estabelecer um amparo jurídico para o tema, já que atualmente não existe respaldo legal para essas situações.
Para o superintendente do Registro Genealógico da ABCCC, Rodrigo Teixeira, a associação está evoluindo nesse sentido justamente para proteger a raça e a sua seleção. “Considero que as decisões aprovadas estão entre as mais importantes que já tomamos nas últimas décadas em relação aos regulamentos, visando a longevidade das nossas provas de seleção e esporte”, diz.
Teixeira salienta ainda que a ABCCC participou da criação de um manual de Práticas de Bem-Estar Animal em Competições promovido pela Câmara Setorial de Equideocultura do Ministério da Agricultura e que, além da adequação nos regulamentos, ainda irá promover ações como aplicar placas com dicas de bem-estar nas cocheiras e disponibilizar fiscais em seus eventos.
Novas determinações
- A partir do ciclo 2016, será proibida a continuidade da participação do conjunto caso seja constatado pelos Jurados ou pelo Inspetor Técnico responsável, qualquer tipo de sangramento no cavalo, mesmo o que não seja causado pela ação direta do ginete, implicando em sua desclassificação da prova, em qualquer modalidade;
- Os animais que atestarem positivo no exame antidoping, ficarão impedidos de participar de quaisquer das modalidades desenvolvidas pela ABCCC durante o ciclo em que o fato ocorrer. Para o caso de atestarem positivo durante as provas finais da modalidade, a punição se estenderá até transcorrer a próxima final;
- Animais que forem retirados das provas mediante apresentação de atestado médico veterinário ficam proibidos de participar de qualquer modalidade funcional durante 30 dias, a contar da data do término do evento em questão;
- Todos os participantes da final do Freio de Ouro 2015 e das classificatórias do próximo ciclo da modalidade terão que indicar, no ato de sua inscrição, um responsável pelo animal com o seu respectivo contato;
- A partir do ciclo 2016, os animais premiados nas Exposições Morfológicas Passaporte também serão submetidos a coleta para realização de exame antidoping.

Qualidade da raça Crioula é destaque nas Prévias da Morfologia

A chuva deu uma trégua e a presença do sol colaborou para as Prévias da Morfologia neste sábado, dia 25 de julho, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). A programação iniciou na quinta-feira, dia 23. Foram selecionados 70 animais e 20 ficaram na reserva.

Evento definiu últimas vagas para a exposição que ocorre durante a Expointer 2015 (Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação)

A qualidade dos exemplares chamou a atenção. Segundo o técnico avaliador, Leandro Amaral, a evolução da raça Crioula é muito grande e em todas as categorias são animais excepcionais. “A raça está de parabéns pelo preparo muito bom e profissionalismo dos criadores”, afirma.
Amaral também destaca a novidade em realizar uma prévia conjunta, experiência já ocorrida na FICCC em março deste ano na Argentina. “Fica mais fácil selecionar os animais concentrados em um mesmo local, com a mesma qualidade de pista e clima”, salienta. Também participaram da avaliação Carlos Loureira de Souza, Fabio Muricy Camargo e Jorge Rosas Demiate Junior.
O vice-presidente de Eventos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Luís Rodolfo Machado, também reforça a qualidade dos animais escolhidos na prévia da Morfologia. “São animais de muita expressão que se juntarão aos já classificados para o Passaporte e os que estavam aprovados para a FICCC”.  A expectativa de Machado é de que a Expointer será de grande nível e qualidade.
A Morfologia da Expointer ocorrerá entre os dias 31 de agosto e primeiro de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O julgamento este ano ficará à cargo de Vinícius Guedes Freitas.
fonte ABCCC

Confirmados os trios de jurados da final do Freio de Ouro

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 23 de julho, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) definiu os dois trios de jurados que serão os responsáveis pela avaliação dos conjuntos para a grande final do Freio de Ouro, entre os dias 27 e 30 de agosto, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). O encontro contou com a participação da diretoria executiva e dos membros do Conselho Deliberativo Técnico e da Comissão de Provas Funcionais da entidade.
Nas fêmeas, o julgamento ficará a cargo de Francisco Martins Bastos Sobrinho, Jorge Rosas Demiate Junior e Lauro Varela Martins. Já André Luiz Narciso Rosa, Eduardo Neto de Azevedo e Fábio Muricy Camargo serão os responsáveis pela avaliação dos machos. Douglas Gonçalves é o reserva da categoria fêmeas e Telmo Ferreira fica como o reserva nos machos.
A ABCCC definiu também o ranking de finalistas do Freio de Ouro. A lista apresenta os 104 conjuntos que garantiram vaga na decisão da modalidade. Além das 12 classificatórias do ciclo, também poderão participar da final os quatro primeiros colocados em cada categoria do Freio de Ouro da Exposição da Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (Expo FICCC), realizada em março deste ano na Argentina. A lista pode aumentar caso os campeões de 2014, Destaque da Maior e Jotace Tranca, decidam defender o título.
O Ranking pode ser acessado no site da ABCCC (http://www.cavalocrioulo.org.br/eventos/rankings/).

Encruzilhada do Sul tem morfologia em outubro

O Núcleo Encruzilhadense de Criadores de Cavalos Crioulos promove entre os dias 16 e 18 de outubro sua 3ª Exposição Morfológica. O evento inicia na sexta-feira, dia 16, como concentração de machos, o sábado, dia 17 é a vez da prova morfológica e no domingo (18) haverá campereada e comercialização de cavalos crioulos.

Programação
16/10 – Sexta-feira 09:00 Revisão Coletiva
14:00 Concentração de Machos

17/10 – Sábado 8:00 Admissão Animais
9:30 Inicio 3ª Exposição Morfológica
12:00 Almoço
13:30 Continuação Exposição Morfológica
17:00 Escolha Dos Grandes Campeões
18:00 Coquetel e Entrega de Prêmios

18/10 – Domingo 9:00 Comercialização Cavalos Crioulos – Realização NECCC
14:00 Campereada

Técnico Responsável: Carlos Marques Gonçalves Neto
Jurado Morfologia: Felipe Maciel
Informações e Inscrições: Marcio Cassini(51)95041647 – marciocassini82@hotmail.com ;
Tiago Riegel (51)99533067 – tiagoriegel@hotmail.com
Robert Ribeiro (51)99951757 – robert.crioulo@hotmail.com

Imagens Gaúchas em Bora Bora

Os cachoeirense Rosane e Sérgio Bartmann, mandaram uma foto com a revista Imagens Gaúchas na ilha de Bora Bora, na Polinésia Francesa. A viagem do casal é comemorativa aos 30 anos de casados. A revista foi  na viagem para leitura e também para divulgar as tradições do Rio Grande do Sul e o Cavalo Crioulo, pois eles deixarão por lá o exemplar da revista.

Saiba Mais

Bora Bora é uma ilha do grupo das Ilhas de Sotavento do arquipélago de Sociedade na Polinésia Francesa, um território ultramarino francês localizado no Oceano Pacífico. A ilha, de origem vulcânica fica entre Austrália e América.

 

Profissionalização no campo requer gestão qualificada de cabanhas

No meio dos equinos, com valorizações constantes nos preços de animais e crescimento de negócios, é importante os criadores terem noção de que realizar a administração de uma cabanha precisa ser muito próxima ao que é uma empresa. Por isso o Centro Gaúcho de Formação em Equinocultura (Cegafe) promove entre os dias 23 e 26 de julho a segunda edição do ano do curso de Administração de Cabanhas. Durante os quatro dias, os participantes estarão com
 especialistas de diversas áreas abordando temas que podem auxiliar no desenvolvimento do trabalho na propriedade. O curso será realizado na Cabanha Sabiendas, em Viamão (RS).
Conforme o diretor do Cegafe, Daniel Schneider, o curso serve como uma espécie de preparação para novos administradores e reciclagem para os mais experientes. “O objetivo do curso é preparar, capacitar e reciclar, novos criadores e criadores já com experiência para as mudanças do agronegócio equestre. Novas tecnologias de criação e manejo estão surgindo e o público precisa se atualizar”, salienta.
Schneider lembra que o curso tem espaços dedicados desde a área técnica e de manejo até a parte de gestão e marketing. “A ideia é entender e conhecer as formas de manejo de saúde e bem-estar animal, além de saber organizar a gestão administrativa. E o principal é saber adequar tudo isso às relações de trabalho e interpessoal entre os colaboradores”, observa.
Segundo o diretor do Cegafe, para o administrador ter uma boa gestão da sua cabanha é importante que o criador tenha noção de três pilares básicos: saúde animal, planejamento estratégico e gestão financeira. “Na minha opinião é o que vai sustentar todo o trabalho a ser desenvolvido. Tendo o domínio destes fatores ele poderá comandar o negócio, mas nunca esquecendo as características de um líder”, salienta.
No quesito saúde animal, Schneider observa que o administrador precisa estar atento com itens como nutrição, pastagens, manejo reprodutivo e cuidados com manadas à campo e cavalos à galpão, pois será quem vai tomar as principais decisões e fazer os investimentos em insumos, além de decidir a equipe de trabalho. Já em relação ao planejamento estratégico, o diretor do Cegafe avalia como um dos principais ítens para o equilíbrio da cabanha. “A partir daí se decide a genética que será seguida, é necessário conhecer as famílias dos animais que serão trabalhados, qual modali
dade será o foco, número de éguas no plantel e garanhões que serão utilizados, entre outros fatores”, ressalta.
Schneider destaca também que na gestão financeira o administra
dor precisa ficar de olho e se familiarizar com termos como custo fixo, custo variável e preço. “Nesta hora que o proprietário saberá o quanto gasta e aliado ao planejamento estratégico o criador poderá saber quais serão os ganhos com os seus produtos. Ele saberá o quanto investe em um potro, o quanto é importante em termos genéticos e a que preço ele pode chegar”, explica.
Mais informações e inscrições podem ser obtidas através do link www.cegafe.com.br.
Ministrantes do curso
Manejo Nutricional – Ricardo Larrosa (diretor comercial da SUPRA, médico veterinário e doutor em Nutrição de Equinos)
Manejo Reprodutivo e Sanitário – Eduardo Malchitsky (doutor em Reprodução pela UFRGS e professor da Ulbra)
Manejo de Pastagens – Caroline Feijó (engenheira agrônoma)
Manejo de Manadas e Galpão e Análise Morfológica Para Compra dos Animais – Marcelo Montano Coelho (médico veterinário e técnico da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos)
Gestão de Equipes de Trabalho – Daniel Schneider (psicólogo e pós-Graduado em Psicologia Organizacional)
Gestão Financeira – Márcio Gonçalves (administrador de empresas)
Gestão de Marketing – Thales Silveira (gerente de Marketing da Trajano Silva Remates)
Relação com a Mídia – Nestor Tipa Júnior (jornalista, diretor de planejamento da AgroEffective)
 

Exposição de Brasília entrega os últimos passaportes do ciclo

Baioneta da Rossato, filha de Herói do Recanto Crioulo e Ok Revolta; criador e expositor Fabrício de Assis Rossato, cabanha do Rossato, Curitiba/PR (Foto: Fagner Almeida)

O julgamento da Exposição Morfológica Passaporte de Brasília (DF) garantiu a ocupação de mais quatro vagas na Expointer 2015. A partir de agora, com o circuito de Exposições Passaporte encerrado, a única chance de conseguir a habilitação será na prévia de Esteio (RS). As últimas vagas via passaporte foram preenchidas na mostra realizada na quinta-feira, dia 16 de julho, em evento realizado pelo Núcleo de Criadores do Distrito Federal no Parque da Granja do Torto.
A Exposição teve o julgamento de Carlos Loureiro de Souza que, entre os 47 animais participantes, indicou os quatro ocupantes das vagas. As escarapelas que premiaram os melhores animais deram o passaporte à Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, Baioneta da Rossato, à Reservada Grande Campeã Yasmin do Amanhecer e ao Grande Campeão e o Reservado, respectivamente, Inquisitor 1490 Maufer e Leão Rei da Bela Aliança.
Na avaliação do jurado, o nível dos candidatos foi elevado o que valorizou ainda mais a conquista dos vencedores, principalmente na categoria machos. “Me surpreendeu o nível dos machos, pela quantidade de animais de muito boa qualidade. Todas as categorias tiveram animais competitivos, inclusive ficando de fora alguns exemplares em condições de estar na Expointer”, diz.
Souza ainda comentou a respeito dos Grandes Campeões, aos quais caracterizou como animais de ótimas virtudes. “A égua se destacou desde a primeira entrada em pista, é um animal moderno, retangular, com linha superior bastante correta, bons aprumos e que por todas essas qualidades foi escolhido o Melhor Exemplar da Raça. O potranco, assim como a égua, é um animal muito correto, bastante equilibrado para a sua idade, retangular, com uma frente bonita e boa garupa”.
A Exposição, supervisionada pelo técnico da ABCCC Luciano Passos, integrou a programação da classificatória de Brasília ao Freio de Ouro que começa na sexta-feira dia 17 e vai até o domingo 19. O circuito de Morfologias Passaporte tem o patrocínio de Vetnil e Supra.
Confira o resultado
Fêmeas
Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor
Baioneta da Rossato, filha de Herói do Recanto Crioulo e Ok Revolta; criador e expositor Fabrício de Assis Rossato, cabanha do Rossato, Curitiba/PR
Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Égua Menor
Yasmin do Amanhecer, filha de BT Lamborguine e Cullaima Aleta; criador e expositor Fábio Bellotti Moura, cabanha Nova Querência, Brasília/DF
3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor
Maragata da Bela Aliança, filha de Hijo Bueno da Reconquista e Capanegra La Boehme; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC
4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Potranca Menor
DKP Honraria, filha de DKP Embaixador e Ibérica da Escondida; criador e expositor Délcio Rodrigues Pereira, Haras Anchieta, Gama/DF
Machos
Grande Campeão e Campeão Potranco Menor
Inquisitor 1490 Maufer, filho de Piraí 1569 do Brazão e OBS Bailanta; criador Maurício e Fernando Lampert Weiand e expositor Luiz Carlos Maeda, cabanha Santa Larissa, Itaporanga/SP
Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor
Leão Rei da Bela Aliança, filho de Viragro Rio Tinto e Temperada do Pinhal; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC
3º Melhor Macho e Campeão Cavalo Adulto
CLJ Dunga, filho de Las Callanas Deudor e JA Opera; criador Gustavo Lessa Jung e expositor Felipe Takis da Costa, cabanha FTakis, Montes Claros de Goiás/GO
4º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor
Imbatível da Cabanha Santa Fé, filho de Índio do Boeiro e Abençoada de Santa Edwiges; criador e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, cabanha Santa Fé, Taquara/RS
Fotos: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação
Texto: Douglas Saraiva/ABCCC

ABCCC ajuda na divulgação da Imagens Gaúchas

 

Além de ser uma fonte imprescindível para a realização de reportagens e coberturas fotográficas a Associação de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) também ajuda a divulgar das ações da revista. Hoje o site da ABCCC trás uma matéria sobre a produção da edição de setembro da revista e seu alcance na versão digital, para tablets e smartphones. Agradecemos o apoio da associação.