Archive for setembro, 2015

Imagens Gaúchas participa de exposição internacional

Touros da Cabanha Seival del Touro foram registrados por Marcus Tatsch.

Uma imagem produzida pela revista Imagens Gaúchas é uma das participantes da exposição internacional de fotografia promovida pelo Núcleo Centro Angus. A exposição reúne imagens da raça Angus e será apresentada em duas etapas, a primeira em Cachoeira do Sul, durante a Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (Feapec) em evento no núcleo nos dias 2 e 3 de outubro. A segunda etapa acontece em Caçapava do Sul, no dia 8 de outubro. A exposição é beneficente e os quadros expostos irão à leilão  em benefício aos hospitais das duas cidades. Além do fotógrafo Marcus Tatsch, da Imagens Gaúchas, participam ainda da mostra os fotógrafos: Tiziana Prada, Daniel Sempé (Argentina), Felipe Ulbrich, Fábio Fatori, JG Martini, Fábiula Ferreira, Gulherme Felix e Robispierre Giuliani.

Angus de nível superior na Feapec

O Núcleo Centro Angus lançou nesta terça-feira em Cachoeira do Sul a sua programação para a 65ª Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (Feapec), que acontece de 1º a 18 de outubro no Parque do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul.

Serão dois dias de atividades envolvendo angus, com destaque para o leilão de Touros e Ventres, que acontece no dia 3, às 15h30min. Estarão em oferta 50 touros e 20 ventres Angus e Brangus. O evento, dias 2 e 3 de outubro, também é comemorativo aos 10 anos de atividades do Núcleo Centro Angus. Segundo o presidente do Núcleo, Dimas Rocha, a programação foi montada analisando quatro pontos de interesse. O primeiro deles, a integração social dos componentes do núcleo, visando promover o convívio entre os criadores e uma concorrência saudável e leal. Depois, a difusão de conhecimentos, trazendo para Cachoeira e Região informações que posam promover o melhoramento das propriedades e das criações. Para isso no dia 2 haverá duas palestras, uma com o médico veterinário Fernando Velloso e o engenheiro agrônomo argentino Ricardo Firmo. O terceiro item é a comercialização, promovendo um evento onde os produtores têm oportunidade de venderem o seu produto final. O quarto ponto abordado é a trabalho social, onde será montada uma exposição fotográfica internacional com a temática angus.  Participam da exposição oito fotógrafos, entre eles dois cachoeirenses, Robispierre Giuliani e Marcus Tatsch, da Revista imagens Gaúchas. Os quadros expostos serão leiloados e os valores serão doados ao Hospital de Caridade e Beneficência (HCB).

Leilão com touros dupla marca

O grande destaque da programação é o leilão de touros e ventres Angus e Brangus. Segundo Dimas Rocha, o remate é chancelado pela Associação Brasileira de Angus e terá exposição nacional. Ele destaca que a oferta de animais superiores será grande. “A grande maioria dos touros apresentados no remate terá dupla marca, o que significa que eles são de qualidade superior. Estes touros são destinados a promover o melhoramento genético em propriedades e estarão disponíveis em Cachoeira do Sul, valorizando nossa feira”, complementou.

Outro destaque do evento Angus é a participação do médico Veterinário Ricardo Firpo, da Argentina. “Ele pertence a uma das cabanhas de ponta de Angus da argentina, a La Pluma, tem grande conhecimento e será o jurado da nossa exposição morfológica”, completou Rocha.

Importante

Neste ano no Remate trabalharão os dois escritórios rurais da cidade, Escritório Rural Centauro e o Querência Negócios Rurais.

 

 

 

 

 

Programação

Dia 2

14h – Jornada técnica – A importância da seleção de reprodutores para a pecuária moderna – Médico Veterinário Fernando Velloso

16h – Cabanha La Pluma – Argentina – Programa Genético – engenheiro agrônomo Ricardo Firpo

Dia 3

10 – Julgamento Angus e Brangus – engenheiro agrônomo Ricardo Firpo

13h – Almoço – 10 anos núcleo Centro Angus – Mostra internacional de Fotos Angus – Beneficente ao HCB

15h30min – 11ª Remate do Núcleo Centro Angus de Touros e Ventres.

 

Balneário Camburiú fechou com festa Acampamento Farroupilha

foto: César Braga Oliviera

O fotógrafo César Braga Oliveira, paranaense radicado em Balneário Camburiú, em Santa Catarina, registrou o último dia do 3ª Acampamento Farroupilha do Município. A programação do final de semana foi variada, com apresentações musicais e de dança, palestras, transmissões ao vivo de programas de rádio e invernada artística. A festa aconteceu em um pavilhão montado na Avenida Martin Luther, esquina com a Rua Marrocos, e encerra a programação da Estação Cultural de Inverno de Balneário Camboriú.

Wachholz leva Braford de qualidade para a Feapec

foto: Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

A agropecuária Wachholz levará o melhor da genética Braford para pista de remates da 65ª Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (Feapec), que acontece entre os dias 1 e 18 de outubro no parque do Sindicato Rural. O remate da Wachholz está marcado para o dia 3 de outubro, às 17h.  Serão ofertados 35 touros Braford e 35 fêmeas, com alto grau de genética. Segundo Carlos Wachholz, a expectativa para o leilão é boa. “O mercado está aquecido, com bons preços para o gado e acredito que os animais atingirão valor satisfatório”, disse.
A novidade deste ano para o leilão é a participação de cabanhas convidadas para o leilão. Participarão com animais as cabanhas Carcávia, de Livramento e Santa Ana, de Uruguaia e a Cabanha dos Pinheiros, de Cachoeira do Sul. “Está parceira é muito boa, pois propicia que venha uma linha genética diferente para nossa região com as cabanhas Carcávia e Santa Ana, que tem trabalho reconhecido em todo o estado”, disse Wachholz.

Cada cabanha trará entre 10 e 12 touros e o mesmo número de fêmeas para o remate. “São animais bem corrigidos de prepúcio, oculados e de genética confirmada”, completou Carlos Wachholz.

Crioulos de Ouro na Imagens Gaúchas

 

Já saiu do forno a 17ª edição da Revista Imagens Gaúchas. A edição de setembro traz o melhor do Freio de Ouro 2015, em uma reportagem especial e um ensaio fotográfico. São seis páginas dedicadas à competição mais importante da raça e mais 15 fotos da prova final. A publicação ainda conta com reportagem especial sobre o Ovelheiro Gaúcho, uma das raças de cães típicas do Rio Grande do Sul,  e reportagens sobre os ovinos Hampshire Down, Cabanha Esplendor, Cabanha Cerro Frio e a Clínica Veterinária MedHorse.

Nos ensaios fotográficos dois temas foram abordados, a cabeça do cavalo crioulo e a Bandeira do Rio Grande do Sul. Outra reportagem interessante é sobre odontologia equina, ramo da medicina veterinária que tem ajudado no desempenho dos cavalos crioulos.

A versão para tablets e smartphones da revista Imagens Gaúchas também já pode ser baixada. Os downloads são gratuitos e podem ser feitos em aparelhos com os sistemas operacionais Android ou IOS. Atualmente a revista Imagens Gaúchas já tem 18 mil downloads, 80 mil leituras e já foi baixada em mais de 70 países. Para baixar, basta acessar o GooglePlay, Apple Store, Amazon Store e baixar o aplicativo Imagens Gaúchas. Ou visite o Site www.imagensgauchas.com.br e clique nos ícones dos sistemas operacionais.

2º Entrevero terá 13 músicas no palco

foto: Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

O 2º Entrevero da Canção Estudantil de Cachoeira do Sul acontece no dia 15 no CTG Tropeiros da Lealdade, a partir das 20h. O 2º Entrevero da Canção Estudantil é uma realização da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Smic), em parceria com a Associação Tradicionalista e Cultural de Cachoeira do Sul, sob a coordenação da professora Vera Prade.Estarão no palco do festival de música 13 estudantes que participarão nas categorias mirim, juvenil e adulta.
O vencedor de cada categoria será premiado com troféu de destaque e cantará na abertura da Vigília do Canto Gaúcho 2016, prevista para acontecer no dia 7 de maio, além de participar de uma faixa-bônus do CD que será gravado durante o evento.

 

Os classificados
Categoria Mirim
* Lucas Silva de Oliveira – Escola Manoel Portella
* Juan Monteiro Rodrigues – Escola Jenny Vieira da Cunha
* João Vitor Dias de Carvalho – Escola Jenny Vieira da Cunha
* Josué Leonidas Machado – Escola Imperatriz Leopoldina
Categoria Juvenil
* Manrique Soares Felix – Escola Baltazar de Bem
* Milena Jacobi Rodrigues – Ciep Virgilino Zinn
* Brenda Bilmann – Colégio Marista Roque
* Vitória da Silva Freitas – Escola Rio Jacuí
* Julia Biscaglia Ferreira Kilian – Colégio Barão do Rio Branco
Categoria Adulta
* Dionatan Roveda Linhares – Ulbra/Cachoeira
* Douglas Diehl Dias – Ulbra/Cachoeira
* Taylor Bulsing de Oliveira – Unisc
* Nícolas da Silveira Alves – Senac

 

Feapec anti-crise está chegando

foto: Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

Falta pouco mais de duas semanas para o início da Feira Agropecuária de Cachoeira do Sul (Feapec), que inicia no dia 1 de outubro e segue até o dia 18. A maior e mais tradicional Feira Agropecuária da Região Central contará este ano com seis remates, além de uma prova de Doma e um evento de música nativista. Cabanhas já começaram a inscrever seus animais para a feira, até o dia 14, já haviam sido inscritos 78 animais, sendo 18 eqüinos, 60 ovinos. As inscrições podem ser feitas no Sindicato Rural de Cachoeira do Sul ou pelo telefone (51) 3722-2797. As inscrições seguem até o dia 24. Já para a raça Angus as inscrições vão até o dia 18, diretamente com o Núcleo Centro Angus.

O presidente do Sindicato Rural, Paulo Schwab, salienta que a perspectiva para esta edição da Feapec são boas, apesar da crise de que instalou no pais. “Sou sempre otimista, além disso, este ano a Expointer teve uma aumento de cerca de 20% na comercialização dos animais, acredito que a nossa feira siga a mesma tendência’, destacou.

Schwab acrescenta que a pecuária vem bem este ano apesar da situação econômica e que os animais oferecidos nos remates da feira são a matéria prima essencial para as cabanhas produzirem. “O preço do boi, está bom, atingiu uma patamar maior. Os produtores precisam de reprodutores e matrizes pra suas fazendas. Além disso, o setor primário é um setor que não para, independente do que aconteça, estamos sempre produzindo e nos tempos difíceis é que não podemos parar”, disse Schwab.

Saiba mais

Em 2014 a Feapec atingiu rendimento de R$ 3.252.270,00, com 748 animais vendidos, entre ovinos, bovinos e equinos. Os 748 animais comercializados obtiveram uma média de preço de R$ 4.347,95. Em comparação com a edição de 2013 a Feapec conquistou um rendimento 23,1%.

 

 

2 de outubro

1ª Remate Crioulo dos Arrozais

3º Aparte da Canção Nativa

3 de outubro

11ª Remate de Touros e Ventres – Angus e Brangus

4 de outubro

Remate Braford – Agropecuária Wachholz, Estância Carcávio, Agropecuária Santa Ana e Cabanha dos Pinheiros

6 de outubro

Feira de Terneiros, Terneiras e Vaquilhonas

9 de outubro

3º Leilão Genética Hampshire Down

10 de outubro

Leilão Heritage Hereford e Braford

16 de outubro

1º Encontro de Doma CT Raul Lima e CT José Pereira

 

 

Desfile de 20 de setembro cancelado em Cachoeira do Sul

foto: Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

O tradicional desfile de 20 de setembro foi cancelado pelo Ministério Público em Cachoeira do Sul. A decisão foi tomada hoje pela manhã em reunião com Associação Tradicionalista e Cultural de Cachoeira do Sul (ATC), Inspetoria Veternária, Brigada Militar e Prefeitura. Segundo o presidente da ATC, Fábio Garin, o cancelamento acontece porque foi confirmado um caso de anemia infecciosa em um cavalo numa hospedaria de  Cachoeira do Sul. Está é a segunda vez que o desfile foi cancelado na história da Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul, a primeira ocorreu em 1965, na terceira edição do evento em virtude de uma enchente que impediu grande parte dos participantes de chegaram na cidade.

 

O Rodeio Crioulo da ATC, que inicia hoje e segue sábado e domingo não foi cancelado.

Delfino Carvalho tem ronda e Fandango nesta sexta

foto: Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

O PL Delfino Carvalho terá uma semana Farroupilha especial este ano, pois esta edição será a sua 30ª participação na festa maior dos Gaúchos. Fundado em 25 de março de 1985, o piquete se caracterizou por valorizar tanto a parte campeira quanto a parte cultural e neste ano não será diferente. Segundo o patrão do piquete, Luiz Bittencort, o piquete irá participar de quase todas as atividades desenvolvidas durante a 52ª Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul. “Nossa característica é ter uma presença atuante no cenário tradicionalista de Cachoeira do Sul, e não só em Setembro, mas o ano todo. Nossa expectativa para esta semana é que ela seja muito bom,  com nosso fandango lotado e bom público na ronda”, disse.

A ronda do PL Delfino Carvalho está programada para o dia 11 de setembro no CTG Tropeiros da Lealdade. As atividades iniciam às 8h com Café de Chaleira. Na parte da manhã o destaque é uma missa crioula. Ao meio dia um bom churrasco estará garantido no cardápio.

Na parte da tarde o piquete espera estudantes das escolas estaduais e municipais para sua ronda, que contará com brincadeiras folclóricas e fandango para piás, a partir das 15h.

O Fandango do PL Delfino acontece no mesmo dia, no CTG Tropeiros da Lealdade e será animado pelo grupo Marcas. Os ingressos custarão R$ 20,00 antecipado e R$ 25,00 na hora.

 

Cachoeira abre nesta quarta Semana Farroupilha

1ª Tropeada Histórica chega nesta quarta em Cachoeira do Sul. foto Marcus Tatsch/Imagens Gaúchas

O centro de Cachoeira do Sul será o ponto de partida da 52ª Semana Farroupilha de Cachoeira do Sul. No dia 10 de setembro, a abertura da Semana Farrapa inicia com a Ronda Farroupilha Municipal, na praça Honorato de Souza Santos. O evento, organizado pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio/ Departamento de Eventos iniciará às 9h e seguirá até as 17h.
Segundo a coordenadora da ronda Municipal Vera Prade, estão programadas várias atividades no período, como café de chaleira, celebração ecumênica gaúcha e apresentações artísticas. Além disso, durante o dia haverá, exposição de produtos da culinária e artesanato gaúcho, exposição, divulgação e serviços prestados por várias entidades da cidade. O ponto alto do evento é a chegada da Chama Crioula, conduzida pela Cavalgada da Integração. A chegada da centelha está prevista para às 11h. Segundo Vera, a expectativa é de receber um ótimo público, pois no evento estarão presentes escolas, Secretarias Municipais, artesãos, pequenos produtores rurais, Sindicatos e várias entidades militares e civis, expondo e divulgando seus trabalhos e serviços, através de espaços montados. “Os participantes irão transformar a ronda numa grande feira”, explicou Vera Prade.

Futuro do Freio de Ouro é premiado em Esteio

Luiza Lopes – Candidata 13 Referência – Centro de Treinamento Charles Lopes de Santa Cruz do Sul – Fotos: Everton Souza Marita/ABCCC/Divulgação

O público que lotou as arquibancadas das provas de campo e mangueira no Freio de Ouro Jovem vibrou com o desempenho da nova geração. “Já é a segunda vez que viemos na Expointer só para ver as crianças montando. Meus filhos adoram assistir os pequenos ginetes”, afirmou a bancária Maria do Carmo Antunes, de Santa Maria (RS) em visita ao Parque de Exposições Assis Brasil.
Depois de dois dias de disputa, foram conhecidos na tarde desta sexta-feira, 4 de setembro, os grandes vencedores do ciclo 2015. Na categoria infantil masculino, o título ficou com Abel Dourado Neto, montando Monarca da Sai’Dona , da Cabanha Sai’Dona de Canguçu (RS). O ginete de 9 anos de idade monta desde os 2 e disse que conquistou o título por que foi persistente: “Comecei mal na primeira prova e depois fui recuperando, ganhando etapas. Não desanimei nunca”, justificou. O conjunto somou 10,262 pontos.
No infantil feminino, Luiza Caroline Lopes, montando Candidata 13 Referência do CT Charles Lopes levou a melhor com um total de 8,326 pontos. A ginete de Santa Cruz do Sul tem 11 anos de idade e disputou o Freio Jovem pela rejprimeira vez. “Eu sempre gostei de cavalo. Estou muito feliz, o coração está a mil. Meu pai me ajudou muito a treinar para chegar aqui. Foi um ano de preparação para a prova e pretendo participar novamente”, disse ao fim da prova. Rian Valadão, na montaria da égua La Castellana Faca Buena, somou 10,572 pontos e ficou com o título da categoria juvenil masculino  O ginete representou a Cabanha Lagoa do Sol de Pelotas (RS).
Já no juvenil feminino, a grande campeã veio de Viamão (RS). Emilie dos Santos Gomes montou Oea Palheiro, do Centro de Treinamento Freio e somou 9,296 pontos. Nos aspirantes, deu Ricardo Silva no masculino, com Bolicheiro do Elebê da Cabanha Terra Bruta de Santa Cruz do Sul (RS), com 8,586 pontos somados. O ginete disse que por pouco o cavalo não veio para Esteio: “Até semana passada estávamos tratando ele, que machucou a pata dianteira esquerda. O animal se recuperou a tempo e teve um grande desempenho”, comemorou.
No feminino dos aspirantes, o conjunto vencedor do Freio Jovem foi Priscila Machado com Almirante Sobradinho da Ponta Alegre de Arroio Grande. O Coordenador da Subcomissão do Freio Jovem, Rafael Terra, disse que o futuro do Freio de Ouro está garantido: “A gente acompanha a passagem de categoria e se emociona ao ver a evolução deles ano a ano. Logo veremos estes ginetes competindo profissionalmente, como o Fabinho (Fábio Teixeira da Silveira, bi-campeão do Freio), que começou como eles e hoje é uma referência na montaria.
Confira o resultado
Infantil Feminino – Luiza Lopes – Candidata 13 Referência – Centro de Treinamento Charles Lopes de Santa Cruz do Sul
Infantil Masculino – Abel Dourado Neto – Monarca da Sai’Dona – Cabanha Sai’Dona de Canguçu
Juvenil Masculino Rian Valadão – La Castellana Faca Buena, Cabanha Lagoa do Sol de Pelotas RS
Juvenil Feminino Emilie dos Santos Gomes – Oea Palheiro – Centro de Treinamento Freio de Viamão (RS)
Aspirante Feminino – Priscila Machado, Almirante Sobradinho da Ponta Alegre, de Arroio Grande
Aspirante Masculino – Ricardo Silva, Bolicheiro do Elebê, Cabanha Terra Bruta, de Santa Cruz do Sul

Faturamento de leilões da raça crioula na Expointer cresce 24%

O faturamento dos remates da raça Crioula durante a Expointer teve crescimento em relação ao ano passado. A arrecadação total alcançou R$ 12,03 milhões, 24% a mais que na edição passada, que foi de R$ 9,7 milhões. Os números foram repassados pelas leiloeiras rurais que estiveram realizando remates na feira.
Para o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), José Luiz Laitano, os números apontam a permanente valorização da raça. “O cavalo Crioulo mostrou que é uma opção segura de investimento. Quem adquiriu animais nos remates sabe que terá retorno garantido. Os cavalos ofertados na Expointer já chegam valorizados nas novas cabanhas”, ressalta.
A consolidação de novos mercados também justifica o crescimento nas vendas de acordo com o presidente da entidade.  “O cavalo Crioulo não tem mais fronteiras. Muitos compradores foram do centro-norte do país e estão cada vez mais apostando na multifuncionalidade da raça. Os criadores destas regiões sabem que vão contar com um animal com aptidão para o campo e também para a utilização em diferentes modalidades hípicas. Além destes, chilenos, argentinos e uruguaios participaram e fizeram negócios nos leilões. Isso demonstra que estamos no caminho certo, pois promovemos toda a nossa a seleção adquirindo animais destes países e agora eles vêm comprar da gente”, afirma Laitano.
No total foram promovidos oito remates, todos no novo Tatersal construído e inaugurado este ano pela ABCCC no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), sede da Expointer. Entre alguns destaques na comercialização estão a égua Hulha Negra da Vendramin, vendida a R$ 525 mil, tornando-se a égua mais valorizada da história da feira, além da venda de 49% de Quinchero de Santa Angélica, Freio de Bronze deste ano, por R$ 900 mil.
Foto: AgroEffective/Divulgação
Texto: Sandro Fávero/AgroEffective

Bem Estar Animal ganha manual de boas práticas para competições equestres

Primeira publicação sobre o tema teve lançamento oficial na Expointer em evento na Casa do Médico Veterinário. Foto: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apresentaram no Parque Assis Brasil, em Esteio, nesta quarta-feira, dia 2 de setembro, o Manual de Boas Práticas para o Bem-estar Animal em Competições Equestres. Trata-se da primeira publicação sobre o tema no Brasil. O lançamento oficial foi acompanhado pelo secretário Estadual da Agricultura e Pecuária, Ernani Polo, na Expointer.
A elaboração do manual foi articulada pela Câmara Setorial de Equideocultura – órgão que representa as associações de raça perante o Mapa – em conjunto com outras entidades do setor em todo o Brasil. Segundo o superintendente do Serviço de Registro Genealógico da da ABCCC, Rodrigo Teixeira, até então, só havia disponível no País um manual dedicado a animais de produção. “O uso da publicação não é obrigatório, mas reúne uma série de sugestões para que os produtores possam seguir boas práticas”, pondera.
De acordo com a responsável pela Comissão do Bem-Estar do Mapa, Lizie Buss, a confecção do manual envolveu um ano de trabalho e resultou em um direcionamento e uma clareza de informações para proprietários, manejadores e organizadores de eventos, inclusive no Rio Grande do Sul que já tem desenvolvida uma cultura equestre. “Mesmo que grande parte das pessoas compreenda o comportamento do animal em determinadas situações, por meio de experimentação, a publicação é muito importante para prevenir acidentes e problemas de saúde”, conclui.
O manual foi apresentado durante a palestra Bem-Estar Animal na Raça Crioula, ministrada por Teixeira e pelo gerente do Setor de Eventos da ABCCC, Ibsen Votto, dentro da programação do Sindicato dos Médicos Veterinários no Estado do Rio Grande do Sul (Simvet/RS) na Casa do Médico Veterinário. A entidade destacou que sempre primou pelas práticas de bem-estar animal como forma de respeito à cultura do homem do campo. Em seus eventos e competições, por exemplo, dispõe de uma unidade móvel de atendimento equipada para atender bovinos e equinos.
Os cuidados também contemplam o transporte dos animais, que é feito após o período de descanso das provas e em momentos que proporcionem maior conforto térmico. São realizados ainda exames de admissão onde são observadas as condições nutricionais, ferimentos abertos e ectoparasitas, entre outros. Para 2016 serão adotadas mais regras para o bem-estar animal.
A médica veterinária Denise Bicca, por sua vez, defende a educação como fator chave para o avanço do bem-estar dos cavalos. Afirma que essa questão está mais desenvolvida na Europa e seu debate começa a se intensificar no Brasil. “É muito importante as pessoas se sentirem motivadas a promover o bem-estar desses animais e terem o entendimento que não basta o sentimento afetivo por um cavalo como garantia de cuidados. É preciso estudo para um tratamento correto”, finaliza.

Égua de Santa Rosa conquista título da Morfologia da raça Crioula

Disputa realizada na Expointer reuniu 195 animais e premiou História da Taimã como Melhor Exemplar da raça. Fotos: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

Depois de dois dias de competição e 195 animais em pista, a égua História da Taimã, de propriedade da Cabanha Taimã, de Santa Rosa (RS) conquistou o título de Melhor Exemplar da Raça na grande final do Campeonato Nacional de Morfologia da Exponter, ciclo 2015, na tarde desta terça-feira, 1º de setembro, durante a Expointer. A disputa pelo principal prêmio foi com o Grande Campeão dos machos, o cavalo Farrapo da Maior, da Cabanha Maior de Painel (SC).
O título foi muito comemorado pelos proprietários do exemplar. De acordo com a proprietária da Cabanha Taimã, Taiane Zocchetto, o resultado coroou o trabalho realizado pela equipe do criatório. “A égua estava muito bem e a confiança estava dentro de nós. O que nós podíamos fazer pela égua fizemos, que era deixar ela bem preparada. Daí só dependia do julgamento”, comemorou.
O responsável pelo julgamento Vinicius Guedes Freitas justificou a escolha e afirmou que a escolha foi difícil, o que deixou a competição acirrada. “Uma égua muito linda, de qualidade, aprumos muito bons, lombo perfeito. Uma égua que representa muito bem a raça. Ganhou o título no detalhe e estava um pouco mais completa que o cavalo neste dia de hoje”, observou.
Para Lauro Martins, administrador da Cabanha Maior, o título de Grande Campeão dos Machos é resultado do trabalho de seleção genética desenvolvido em uma década e que tem como um dos pilares o sangue de JLS Hermoso, pai do Farrapo: “Consideramos o Hermoso o principal pai da raça na atualidade e seus filhos comprovam nas pistas. E o Farrapo, apesar de um problema de saúde em um olho acabou sendo finalista do Freio e agora se consagra como altamente morfológico”, argumentou.
A programação do cavalo Crioulo na Expointer continua nesta quarta-feira no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, com a final nacional da Campereada.
Confira o resultado
Fêmeas
Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Menor
História da Taimã, filha de Piraí 1669 do Brazão e Lua Clara da Escondida, criador e expositor Taiane Letícia Zoccheto, Cabanha Taimã, Santa Rosa/RS
Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Menor
Erva Santa Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Adrenalina Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS
3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor
Dinastia Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Evita Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS
4ª Melhor Fêmea e Campeão Potranca Maior
Guanabara Outra Más, filha de Guanabara João de Barro e  Guanabara Jaçanã, criador e expositor Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, Cabanha Guanabara, Rio Grande/RS
Machos
Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto
Farrapo da Maior, filho de JLS Hermoso e FJC Amenaza, criador e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SC
Reservado Grande Campeão e Campeão Potranco Menor
Basco Veneno, filho de BT Lucero e Basca Rosa Mos   queta, criador Mariana Franco Tellechea e Filhos, expositor Mariana Franco Tellechea e Filhos e Maria Luiza Tellechea Cerqueira, Cabanhas Basca e La Compostella, Uruguaiana/RS
3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto
Don Juan de São Pedro, filho de BT Delantero e Morena de São Pedro, criador Eduardo Macedo Linhares, expositor José Valmir Silveira D’Ávila, Cabanha JLV, Santa Margarida do Sul/RS
4º Melhor Macho e Campeão Cavalo Menor
Abraço do Camboim, filho de Índio do Boeiro e Única AP do Camboim, criador e expositor Felipe Nery Gomes Martins, Estância Santo Amaro, Bagé/RS